Fatos históricos, políticos, econômicos e sociais. A História, relida e recontada.

INFORMAÇÃO E INTERDISCIPLINARIDADE: um jogo em comum



Continuando a discutir sobre os universos da informação, apresentaremos neste texto mais uma de suas muitas facetas: a informação como causa interdisciplinar.

De acordo com Saracevic (1992) a interdisciplinaridade na ciência da informação surgiu mediante as necessidades de cada campo procurar obter respostas quanto ao seu objeto de estudo, que é a informação. Desta forma, engenharia, biblioteconomia, química, física, história, matemáticos, cientistas da computação e etc, passaram a tratar a informação como o eixo central de suas discussões. E se levarmos em consideração que tudo gira em torno da informação, a questão interdisciplinar será sempre recorrente.

Desta maneira, enveredar acerca da temática da interdisciplinaridade como definição de objeto de estudo de diversas ciências e conhecimentos faz- se necessário elencar que esta discussão gera indubitavelmente uma questão de debate.

É inerente ressaltarmos que tal análise, nos permite dissertar sobre uma questão que está em definição, ou seja, ainda hoje é muito discutida, problematizada essa indagação sobre a interdisciplinaridade e seu objeto para o campo em questão, bem como para outros, como a comunicação, por exemplo.

À guisa dessa trajetória, entendemos por questões interdisciplinares, a junção de várias disciplinas e as contribuições que elas têm umas para com as outras. No caso em testilha, a informação, a grande questão é mesmo definir seu objeto, pois pensar nessa ciência é veemente pensar um sentido interdisciplinar, ou seja, refletir como a informação pode aparecer, se ela está inserida nas demais ciências?

Por isso, destacamos que a mesma é “uma espécie de encruzilhada pela qual muitos passam e onde poucos permanecem (BRAGA, 2001). São de relativas contribuições as diversas teorias que estudam sobre o objeto da informação, até porque as mesmas enfrentam vários entraves. Tais, são justamente os questionamentos figurados na discussão da interdisciplinaridade, porque ela provoca de fato essa tendência para o debate.

No entanto, caracterizamos como propostas de objeto informacional, fundamentada no aspecto interdisciplinar, a discussão relevante ao papel do emissor, da mensagem e dos códigos utilizados e, principalmente, os meios que extravasam esse enredo ovacionado pela informação. Tais aspectos são importantes, pois estabelecem a transmissão de informação e permite a realizações de caráter interpessoal, intrapessoal, intergrupal e de massa, possibilitando, assim, um maior nível de consciência entre os homens. Com isso, como diz Carvalho (2004) estas perspectivas provocam a “recuperação e uso da informação e do conhecimento” (p. 105)

Neste sentido, a interdisciplinaridade diz muito para a sociedade da aprendizagem, sendo inerente porque as pessoas precisam aprender novas coisas, se comunicarem certo e rápido. E este processo é dialogado pelos vários campos dos saberes, e mesclam questões na vida em coletividade, que é uma questão básica para todos nós que vivemos nos comunicando e, também, aprendendo.

Se a questão é fazer com que a comunicação e a informação apareça frente às outras ciências, é notório relatar que a mesma tenha como objeto algo de específico, como por exemplo, os meios de comunicação. Mas, como esse enredo norteia um grande debate, ainda é preciso pensar num objeto para a informação (mesmo com a interdisciplinaridade), pois a mesma está presente em todas as esferas da vida em coletividade.

No bojo desse processo, compreendemos que a discussão interdisciplinar bem como as teorias que fundamentam a informação e a comunicação são questões de grande valia para que as diversas áreas reflitam, problematizem e fechem o seu objeto, fazendo com que tal debate chegue a uma especificidade, ou pelo menos ao mais próximo disso e que tenham seus objetivos específicos e plausíveis.

1 comentários:

  1. Estou adorando acompanhar esta discussão sobre o campo da informação! Parabéns pela abordagem!!

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.